aguas-seguras

“Antes de andar ou falar criança deve aprender a nadar!”

Seguindo este lema, a Focus tem por objetivo formar adultos com hábitos saudáveis e que gostem de praticar exercícios.









Para isto, usamos 3 princípios básicos:



























                • Segurança;










                • Respeito aos limites de desenvolvimento de cada faixa etária;










                • Aprendizado com métodos lúdicos.
































































Natação Infantil


















Feita por gente que é apaixonada pelo que faz, a proposta de ensino oferece ferramentas e tem como objetivo encontrar soluções aplicáveis e criativas na operação aquática, para os mais diferentes tamanhos e configurações de piscina.









As avaliações periódicas que acontecem quatro vezes ao ano, permitindo constatar a evolução do aluno e de suas habilidades dentro da água. As avaliações são feitas com base numa relação entre os objetivos específicos, habilidades pertinentes ao nível e seus critérios de observação. Um histórico sólido e embasado do aluno fica com seu professor para melhor aplicação e planejamento de aulas. Através de nossos materiais os alunos estão sempre informados e conscientes de seu desenvolvimento.




































Os níveis de aprendizagem da Natação Infantil são:


































                • Bebê I: Crianças entre 6 e 12 meses, acompanhados de um responsável. Objetivos gerais: Ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, socialização, balanços, equilíbrio e mergulho.









                • Bebê II: Crianças entre 13 e 24 meses, acompanhados de um responsável. Objetivos gerais: Ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, socialização, equilíbrio, deslocamentos e mergulho.









                • Bebê III: Crianças entre 25 e 36 meses, sem acompanhamento do responsável. Objetivos gerais: Ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, socialização, equilíbrio , respiração, mergulho, deslocamento, saltos e sobrevivência.









                • Adaptação: Crianças a partir de 3 anos. Objetivos gerais: Ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, controle da respiração, flutuação ventral, dorsal, grupada e vertical, nado sobrevivência, propulsão de braços e pernas alternados, saltos e cambalhota frontal.


























                • Iniciação: Crianças a partir de 4 anos que estejam adaptadas ao meio líquido. Fase de inicio da caracterização dos nados crawl, costas e peito.









                • Aperfeiçoamento I: Crianças a partir de 6 anos com a habilidade do nível Iniciação consolidadas. Aprendizado do borboleta e aperfeiçõamento da técnica dos 4 estilos, saídas e viradas.









                • Aperfeiçoamento II: Crianças a partir de 6 anos com a habilidade do nível Iniciação consolidadas. Aprendizado do borboleta e aperfeiçõamento da técnica dos 4 estilos, saídas e viradas.









                • Aperfeiçoamento III: Crianças a partir de 6 anos com a habilidade do nível Iniciação consolidadas. Aprendizado do borboleta e aperfeiçõamento da técnica dos 4 estilos, saídas e viradas.







Karatê Infantil


































Karatê Infantil

































Desejando ocupar os tempos livres das crianças e proporcionar-lhes uma formação completa, incidindo em domínios não abrangidos pela escola, muitos pais optam por proporcionar aos filhos a frequência de atividades diversas. À cabeça surgem as modalidades desportivas, individuais ou coletivas, mas no leque inscrevem-se também áreas artísticas como o ballet, a música ou o teatro. O escutismo é outra possibilidade a considerar.









A escolha da atividade não deve ser aleatória. Ela deve ter em conta as características da criança e a adequação ao desenvolvimento ou à inibição de diversos aspetos, como por exemplo a autoconfiança ou a agressividade. Deve ainda ser feita em conjunto com a própria criança em vez de resultar de uma imposição. Duas atividades com enormes potencialidades são a natação e o karatê.









O karatê pode ser praticado a partir dos 6 anos. A sua prática facilita a concentração. Melhora também o equilíbrio nervoso. Desenvolve ainda a flexibilidade e a coordenação e contribui para uma postura corporal adequada. O desenvolvimento da autoconfiança e do sentimento de segurança são outros benefícios importantes. Por outro lado, o karaté promove a disciplina e a compreensão bem como o respeito para com os outros.









Karatê para as crianças não é apenas diversão, proporciona muitos benefícios importantes para as crianças. Alguns desses benefícios são referidos em japonês como chiiku (desenvolvimento mental), tokuiku (moral) e taiiku (desenvolvimento físico). Estas são as mesmas três classes de desenvolvimento pessoal encontradas em sistemas educativos tradicionais.









Em termos de chiiku (desenvolvimento mental), o Karatê ajuda a construir a concentração, o foco, a lucidez e a determinação.









Karatê tem fortes benefícios internos também. Ele ajuda a desenvolver paciência, disciplina, perseverança, compreensão e mente aberta. Contrói confiança, desenvolve e aumenta o auto-controle, a calma, a cortesia e a paz – todos os quais irão auxilia-los a cada esforço empreendido na vida. Estas correspondem a tokuiku (moral).









Evidentemente, karatê é bom também para o corpo (taiiku). Fisicamente, é excelente para o coração, desenvolve ossos e músculos mais fortes, cria resistência, e torna o organismo menos sensível à doença e ferimentos.









Em todas estas formas, karate é profundamente útil para crianças lidarem com os muitos desafios da sociedade atual. Ele traz equilíbrio e perspectiva muito requisitados nesta fase. Ele proporciona uma base forte para seu praticante.

× Fale com a gente!